Chefe de gabinete de Brene assume Divisão de Cultura

Foto: Filipe Muniz

O prefeito Edson Vieira Brene definiu novo nome para comandar a Divisão de Cultura de Bela Vista do Paraíso. A ex-chefe de gabinete do prefeito, Kenia Renata Rampazo de Oliveira, já assumiu a pasta que era comandada por Marcelo Eduardo Henrique.

A decisão foi publicada no Diário Oficial de quarta-feira (6). Kênia foi exonerada no dia 28 de fevereiro da função de chefe de gabinete e passou a comandar a Divisão de Cultura no dia 1º de Março. Com isso, José Carlos Valone assumiu a vaga deixada por ela.

PROPOSTAS

A nova chefe da divisão disse que pretende reestruturar a pasta. Segundo ela, um dos objetivos é buscar patrocínios em grandes empresas do estado – como Itaipu Binacional, Copel e Sanepar – para investir em projetos. Essa seria uma forma de obter recursos, já que a divisão não possui grande orçamento.

“A cultura em si não é apenas [fazer] eventos. Nós vemos como uma cultura de base, para que as pessoas comecem, realmente, a mexer com arte, com pintura, com artesanato… Além das escolas, que já têm os seus projetos, nosso foco é trabalhar com todas as classes”, falou Kenia.

A ideia da divisão é investir em locais que já existem, como a Biblioteca Cidadã, no Conjunto Mãe Tina; e no Centro Cultural, em Santa Margarida; além de levar os projetos e atividades culturais para os conjuntos e áreas mais afastadas.

A pasta também está trabalhando na organização do próximo desfile de aniversário do município, em 16 de outubro, quando Bela Vista completa 72 anos.

EXONERAÇÃO

A exoneração de Marcelo havia sido assinada no dia 1º de fevereiro, quando ele completou exatos dois anos no cargo. Depois disso, o prefeito chegou a revogar a decisão, no dia 4 de fevereiro. Segundo a administração, a mudança foi feita pelo prefeito para dar tempo de Marcelo finalizar o trabalho. Depois, ele foi exonerado novamente no dia 14.


”Facebook”/